Joana Nolasco Freitas

2 jan Entrevistas

por

O Na Bossa desta semana é com uma amiga muito querida, que admiro muito. Joana Nolasco Freitas é coordenadora de estilo da Via Flores e sócia do site Off Shopper. Além de ser uma menina de muita bossa é uma grande profissional, casada, mãe, cheia de criatividade e carisma.

Quando e como surgiu a vontade de ir trabalhar com a sua avó na Via Flores? Eu sou formada em direito e trabalhava em um grande escritório de advocacia, mas minha paixão sempre foi moda. No fim da faculdade vi que não ia ser feliz como advogada e resolvi tentar seguir minha vocação. Como minha avó tinha a loja foi uma ótima alternativa, comecei aos poucos e vi que aquele era mesmo o meu lugar. Fora que é uma delícia trabalhar com a minha avó, aprendo muito com ela sempre.

Sabemos que a via flores também é uma multimarcas. Qual é a inspiração quando você cria para a sua marca? E como acontece a seleção das marcas para a loja? A inspiração varia muito, pode ser uma viagem, um filme, várias coisas. Em geral para a marca Via Flores buscamos criar peças que sentimos falta no mercado. Peças que temos vontade de usar, mas que não encontramos por ai.

A seleção de marcas para a loja é super criteriosa, olhamos a qualidade em primeiro lugar e a consistência, não queremos ter uma marca que faz uma coleção boa e a próxima ruim, por isso observamos algumas coleções antes de comprar. Também tem que ser marcas exclusivas que combinem com o nosso mix e principalmente, que apresente algo diferente e inusitado, não queremos o que todo mundo tem.

Como você avalia o mercado de moda no Rio? O Rio é a vitrine do Brasil e é atualmente onde todo o mundo quer estar. Quando você fala que é carioca no exterior, as pessoas abrem automaticamente um sorriso. E eu acho que as marcas cariocas já nascem com esse lifestyle, o que é muito legal e traz uma vantagem competitiva. A cliente carioca por sua vez é muito exigente, ela não segue tendências, as cria, usa o que tem vontade quando e como tem vontade, então é um desafio constante tentar satisfazê-la. Mas é muito gratificante quando você consegue.

Você tem alguma peça favorita entre as que você já criou? Nossa é muito difícil, não dá pra escolher só uma das peças da Via Flores…

O que você mais gosta na moda? Eu gosto de tudo, acho que é uma forma de expressão fantástica. Pra mim é um prazer ver as coleções, os desfiles, isso me fascina de uma forma que eu não sei explicar. E eu gosto do lado divertido da moda também, de brincar com todas as suas possibilidades.

Você é considerada um exemplo de mulher: é bonita, inteligente, esposa, mãe e business woman. Como faz para conciliar tudo? Nossa… Muito obrigada pelos elogios! Acho que como toda mulher, tento equilibrar tudo, me sinto fazendo malabarismo e às vezes parece que as bolinhas vão todas cair, mas no fim eu respiro fundo e dá certo. Também não faço tudo sozinha, tanto em casa quanto no trabalho, tenho uma equipe muito boa, que me ajuda e faz toda a diferença. Além disso, quando tudo parece estar confuso, minha família e minha religião são meu porto seguro.

Sabemos que você é a queridinha quando o assunto é street fashion. Como foi encantar grandes sites do mundo da moda como The Sartorialist e The Face Hunter? Como foi a abordagem deles? O Scott (The Sartorialist) eu conheci por acaso. Ele tirou uma foto minha quando eu estava andando pelo fashion Rio, atrasada para um desfile. Depois, ele veio e se apresentou. Foi neste mesmo dia que conheci a Garance. Fiquei muito feliz porque sempre amei o site dele. Quanto ao Yvan (Face Hunter), uma amiga nos apresentou e ele pediu para tirar as fotos.

Você parece brincar com as mais diversas cores e estampas, como faz isso com tanta naturalidade? Como eu falei, gosto de me divertir com a moda, então, adoro fazer combinações inusitadas e experimentar mesmo, algumas vezes funciona outras não. Minha dica é não ter medo de tentar propostas e combinações novas, com a prática vai ficando uma coisa natural. Então pratique! Se dê esse tempo. Olhe revistas, sites e blogs e guarde referência, isso ajuda bastante.

Uma mulher de bossa? Ai, tantas… Diana Vreeland, Coco Chanel e todas as mulheres de atitude, que não têm medo de ousar e ser diferentes.

O que continua na moda e o que deve sair de cena ano que vem? As calças estampadas que começaram a aparecer nesta estação continuam com tudo no inverno e as rendas também. O que deve desaparecer eu acho que depende de cada um, não acredito que hoje exista ainda uma lista do que está na moda e o que não está. Se você usou, gostou e ficou bem em você, por que deixar guardado no armário?

Dicas de looks

Badalar = lugar para ver e ser visto. Depende muito de onde você vai… Invista em statement pieces, algum acessório diferente que seja a sua cara e faça que com que você não seja só mais uma no meio da multidão. Mas lembre-se personalidade e atitude são as melhores formas de se destacar, muito melhor do que qualquer peça de roupa.

Trabalhar – Alfaiataria funciona muito bem pra o trabalho, seja ele qual for. Para dar um toque personalizado a camisa social branca, pode ser usada toda fechada com um super colar perto da gola. O blazer funciona bem como o casaco do escritório, mas não precisa ser com o conjunto de calça igual, use com saias e sobre uma camiseta com calça jeans, se o ambiente permitir. Lembre-se nada muito curto ou muito decotado.

Casamento diurno – Vestido curto, estampado e leve. Opções de saia e blusa também funcionam muito bem, mas tem que ser de tecidos nobres. Pérolas são uma boa opção de jóias. Evite brilhos e bordados.

Casamento noturno – Depende muito do lugar. Sempre use carteiras ou bolsas pequenas. Aposte nas jóias ou bijoux.

Praia – Biquíni que te deixe confortável, nada pior do que você sair da água preocupada se tudo ainda está no  devido lugar… Bolsa grande de palha para guardar o livro, dinheiro, protetor e tudo mais.

Piscina – Chapéu de aba larga e uma camisa social de linho branca, para usar como saída de praia. Chic!

Almoço com amigas – Que delícia! É hora de vestir o que você gosta e está com vontade. Aproveite para testar novas combinações que você inventou. Neste caso, se não tiver legal, elas vão te falar (se forem mesmo suas amigas né?!).

Jantar com namorado – O amor da sua vida sempre merece o melhor, nunca deixe de se produzir pra ele, nem que seja seu marido de 25 anos de casado. Guarde aquele vestido especial, faça uma make legal. Os homens, em geral, gostam do visual mais feminino, então deixe para usar seu look andrógino ou aquela peça super diferente que você comprou, quando for jantar com as amigas.

Que peças nunca devem sair do guarda roupa de qualquer mulher?  Várias, mas resumindo: uma boa camisa social branca, salto alto, uma bolsa clássica e uma super diferente, uma saia lápis, um jeans e uma calça social que caiam perfeitamente no seu corpo, e bons acessórios (colares, brincos, pulseiras e anéis).

Dica de roupa para tipos físicos diferentes

Bom, primeiro é importante falar que em moda não existem regras, são só algumas dicas que podem ou não funcionar pra você. É bom usar sempre o bom senso e confiar primeiro no seu espelho, ele te dirá o que fica bom.

Perna longa – Que ótimo! Use a abuse, acho que toda mulher queria ter pernas longas. Escolha peças que valorizem essa qualidade, como shorts e saias que não precisam ser muito curtos. Peças de cintura baixa funcionam muito bem. Evite tops e casaquinhos curtos, eles vão dar a impressão que suas pernas são mais longas ainda.

Baixa – É tudo uma questão de proporção, Kate Moss e Sara Jessica Parker são super baixinhas e quando estão produzidas ninguém nem repara. É importante sempre colocar as calças, saias e etc. no cumprimento certo, ou seja, não fique com preguiça de mandar fazer bainha ou de diminuir as peças, isso faz toda a diferença no look final. De um modo geral evite roupas muito folgadas, fora do corpo e estampas muito grandes. Abuse dos saltos e de peças curtas como shorts e saias mini.

Perna curta – Aposte nas peças de cintura alta para dar a sensação que a perna é mais longa e não use sapatos que prendam no tornozelo. Abuse dos saltos e das saias curtas.

Muito busto – Decote quadrado, arredondados ou ombro a ombro. Evite blusas fechadas, gola rolê etc.

Pouco busto – Use decotes fechados e blusas justas para o dia a dia. Pense em Audrey Hepburn. Para vestidos de noite, se você não se importa em ter pouco busto, abuse dos decotes profundos, fica chic.

Perna grossa – Evite sapatos fechados ou com amarração, que suba pela perna e saias muito curtas (principalmente se a coxa for grossa). Aposte em calças e partes de baixo de cores escuras e tops com cores claras ou mais fortes para desviar o olhar, deixando a parte de cima do corpo em primeiro plano.

Perna fina – Use calças retas ou com a boca mais larga e aposte em cores neutras. Mais uma vez valorize a parte de cima do look. Aposte nas sandálias mais delicadas e de salto fino.

Alta – Abuse dos looks com rasteiras e sapatilhas, fica chic e despretensioso.

Magra – Para as magras é fácil! Elas podem usar praticamente tudo, não tem muitas restrições. Se for alta então, nem se fala, você é o que todas querem ser, aproveite!

Ultimo conselho: A atitude da pessoa faz o sucesso do look, muito mais do que a roupa que ela está usando.

Compartilhe esse post

Comentários 1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook

Instagram


Muitas das imagens que aparecem no site podem vir de fontes externas, ao menos que sejam creditadas. Se alguma imagem pertence a você, seja fotógrafo ou detenha os direitos de uso e deseja a remoção do site BOSSAME.COM.BR, favor entrar em CONTATO, que prontamente retiraremos do ar. Obrigada.