Dicas para comemorar o Dia Nacional da Cachaça

12 set Gourmet

por

Amanhã, sexta feira, dia 13, é o Dia Nacional da Cachaça. Para comemorar, separamos várias sugestões de bares e restaurantes que oferecem drinques com a bebida que é a cara do Brasil.

Astor

Astor - O Astor trouxe a cachaça Pirajá para o Rio de Janeiro. Com blend exclusivo criado pela Santo Grau, a bebida passa a ser vendida no bar e a fazer parte das receitas de suas caipirinhas. A Cachaça Pirajá é produzida em Paraty, no litoral do Rio de Janeiro. À beira da Serra do Mar e sob a tradição paratiense de fazer cachaça há quase cinco séculos, a bebida é elaborada com cana de açúcar moída pela força da roda d’água. Passa por um processo de fermentação natural até que atinja o ponto ideal. Os alambiques de cobre aquecidos por fogo fazem a destilação da bebida. Só se aproveita o coração, a parte nobre da cachaça, descartando-se o início e o final da destilação. Isso acontece em um engenho comandado pela 5ª geração de alambiqueiros de uma mesma família, que destila a bebida desde 1803.

Botequim Informal

Botequim Informal - Cachaça e botequim sempre combinaram muito bem. O Botequim Informal oferece a cachaça “Santa Dose”, produzida por uma das maiores cachaçarias de Pernambuco, a Carvalheira. A bebida é uma releitura leve da cachaça, com um toque de frescor do limão e um sabor adocicado, atribuído pelo mel, ambos naturais. Pode ser consumida pura, com gelo ou no preparo de drinques, além de ser considerada ideal para acompanhar o chope ou a cerveja, já que também é servida gelada, uma combinação melhor ao paladar. O valor da garrafa para quem quiser degustar no próprio bar, é de R$ 60,00. Já se o cliente quiser levar para casa, ou presentear, o preço cai para R$ 45,00.

Para quem gosta da clássica caipirinha, o Informal sugere o drinque em jarra (R$ 48,90 – 1,5L), que podem acompanhar frutas como abacaxi, morango, limão ou lima da pérsia. É só escolher!

Botequim Informal

Além disso, o Botequim também oferece uma grande variedade de cachaças artesanais em seu cardápio. Uma das mais pedidas é a Sassafraz (R$ 7,50 – dose), que a só a rede Informal tem. Outras cachaças mais conhecidas também podem ser encontradas, como a Nega Fulô (R$ 8,00) e a Magnífica Ouro (R$ 6,00).

Meza Bar

Meza Bar – O bar gourmet do Humaitá apresenta diferentes drinques com cachaça, como o New Belly Guava (R$14), feito com cachaça Nêga Fulô Carvalho, compota de goiaba e cubos de queijo minas Padrão; o Maria Bonita (R$23), com cachaça Seleta, pitanga, suco de maçã, grenadine e suco de limão; a Batida de Paçoca (R$ 18), com cachaça Nêga Fulô Carvalho, creme de leite, leite condensado e paçoca, e o Mojito do Agreste (R$ 22), com cachaça Nêga Fulô Jequitibá, graviola, hortelã, limão, açúcar e club soda. Além dos drinques, o Meza oferece como degustação a cachaça Reserva do Nosco, a cachaça premium Maria Izabel, de Paraty, considerada uma das melhores do Brasil, e a cachaça Vale Verde, de Minas Gerais. Os preços variam entre R$8 e R$11.

Pipo – Para acompanhar as receitas divertidas da casa, o restaurante Pipo, do chef Felipe Bronze, oferece como opção os drinques CaipiPipo (R$17), feito com limões, rapadura, especiarias e cachaça, e o Caju Amigo (R$17), com caju confit, suco de caju, gengibre e cachaça.

San Remo

 

San Remo - O San Remo, localizado na varanda do Lagoon Gourmet, oferece drinques deliciosos para bebericar curtindo a vista panorâmica da Lagoa Rodrigo de Freitas. Entre as opções com cachaça, destaque para os piscinões da casa (R$32), de mais de 500ml, que podem ser feitos com a cachaça Santo Grau. Entre os sabores, caju, tangerina, framboesa, e lichia. Além dos piscinões e das caipirinhas tradicionais (R$17,50/R$24), o premiado barman Waldeck Rocha também indica uma das novidades da casa, a Cachaça Martini (R$29), feita com geleia de abóbora, cachaça Santo Grau e xarope de maracujá.

Venga!

Venga! - No bar de tapas ¡Venga!, a caipirinha da casa, criada pelo mixologista João Eusébio, mistura nossa tradicional receita brasileira com sabores típicos espanhóis. A bebida leva cachaça Beata, vinho Pedro Ximenez, maçã verde e limão tahiti (R$ 18,00).

Volta - O recém-inaugurado restaurante Volta, no Jardim Botânico, conta com uma carta de cachaças variadas (50 ml) que inclui as seguintes opções: a mineira Canarinha (R$ 23), a paraibana Serra Limpa (R$ 14),a artesanal Bodocó (R$ 12) e Vale Verde (R$16), uma das mais premiadas dentre as cachaças artesanais de Minas Gerais.

Serviços:
Bar Astor - Avenida Vieira Souto, 110 – Ipanema. Telefone: (21) 2523-0085.
Botequim Informal Humaitá: Rua Visconde de Caravelas, 123 – Botafogo / (21) 2537-2164.
Meza Bar – Rua Capitão Salomão, 69 – Humaitá. Telefone 3239-1951.
Pipo – Rua Dias Ferreira, 64 – Leblon. Tel.: 2239-9322.
San Remo/ Lagoon Gourmet – Avenida Borges de Medeiros, 1.424, Lagoa- 2º andar. Tel.: 2244-9628.
¡Venga! Ipanema – Rua Garcia D’Ávila 147 loja B. Ipanema. Tel.: 21 2247-0234.
Volta: Rua Visconde de Carandaí, 05 – Jardim Botânico. Tel.: 3204-5406.

Fotos: Divulgação

Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook

Instagram


Muitas das imagens que aparecem no site podem vir de fontes externas, ao menos que sejam creditadas. Se alguma imagem pertence a você, seja fotógrafo ou detenha os direitos de uso e deseja a remoção do site BOSSAME.COM.BR, favor entrar em CONTATO, que prontamente retiraremos do ar. Obrigada.