Dicas da Patricia: Gravidez – parte II

14 ago Bem-estar

por

Vocês já viram a parte I das dicas para grávidas de Patricia Davidson? Aqui vão mais recomendações da nutricionista:

- Reduza o consumo de açúcar refinado dando preferência aos integrais. As fibras vão ajudar na redução do risco de diabetes gestacional, pois lentifica a absorção de carboidratos e ainda controla do apetite. Já existem estudos que mostram que elas ajudam na redução da retenção do peso pós-parto e na diminuição do risco de pré-eclampsia. A ingestão de 22g de fibras chega reduzir 63% do risco da gestante ter esse quadro. Além disso, ajuda a aliviar a constipação gestacional e pós-parto, que é muito comum. A ingestão deve ficar entre 25 a 30g por dia.

- Troque o consumo de gorduras de péssima qualidade (como a saturada presentes em carnes gordas, lácteos integrais e a gordura trans, que estão em produtos industrializados em geral) por gorduras de boa qualidade. Elas estão presentes no azeite, oleaginosas em geral (castanhas, nozes, amêndoas). Elas trazem para alimentação mais fibras e minerais, como o magnésio, zinco, cálcio, selênio, que são nutrientes essenciais para a gestação.

- Coma muita folha verde como agrião, espinafre. Elas vão dá um bom aporte de ácido fólico, vitamina essencial para a formação cerebral do bebê, além de outras vitaminas do complexo B, magnésio e cálcio. Dando preferência sempre as folhas orgânicas!

- O consumo de proteínas (carnes, feijões) também merece atenção, pois garante também uma boa contribuição de ferro, mineral essencial para que se evite a anemia, quadro muito comum em gestantes.

- Beba muita água! Tanto na gravidez quanto na amamentação é essencial.

Evite!

- Carne ou peixes crus (carpaccio, salmão, sushi ou sashimi). Eles aumentam o risco da gestante em contrair doenças como a toxoplasmose.

- Embutidos como presunto, peito de peru, salame e salsichas com regularidade. Esses produtos são riquíssimos em sal, o que pode predispor a um aumento na pressão arterial e conservantes artificiais, como os nitritos e nitratos que são substâncias comprovadamente cancerígenas.

- O consumo de adoçantes artificiais, como aspartame, ciclamato e
sacarina. Estudos já mostram a ligação deles com má formação fetal. Se for consumir algo com adoçante, leia sempre o rótulo, pois existem dois adoçantes que são permitidos: à base de sucralose ou stévia. O consumo desse tipo de produto deve sempre ser supervisionado pelo médico ou nutricionista que estejam acompanhando a gestante.

- Alimentos que contenham glutamato monossódico, como caldos (legumes, frango ou carne), saladas prontas, realçadores de sabor e sopas de pacote. Já existem estudos mostrando seu potencial neurotóxico, o que pode interferir na formação cerebral do bebê. Dê preferência a temperos naturais como alho, cebola, alecrim, orégano, etc.

- Consuma orgânicos! Legumes, verduras e frutas com agrotóxicos, devem ser evitados sempre que possível. Os produtos mais contaminados por agrotóxicos são: morango, tomate, cenoura, alface, pepino, pimentão, batata. Tente consumir pelo menos estes orgânicos. O feto não tem maturidade fisiológica para lidar com agrotóxicos e por isso o prejuízo é muito pior se comprados aos adultos.

- Cafeína: seja café, chá preto, verde, chocolate e refrigerantes à base de cola. A cafeína pode provocar aborto e retardo do crescimento intra-uterino.

- Não tome nenhum chá. Ainda estão sendo estudadas as propriedades de muitas espécies de plantas, não consumir é a melhor escolha. Isso vale até para os chás que a achamos inofensivos como: guaco, alcachofra, melissa, dente de leão, cavalinha, chá verde, carqueja, camomila e hortelã (ação abortiva), boldo (redução do peso fetal e abortivo), sene (abortivo e diarréia). Por isso, fique atenta!

Compartilhe esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook

Instagram


Muitas das imagens que aparecem no site podem vir de fontes externas, ao menos que sejam creditadas. Se alguma imagem pertence a você, seja fotógrafo ou detenha os direitos de uso e deseja a remoção do site BOSSAME.COM.BR, favor entrar em CONTATO, que prontamente retiraremos do ar. Obrigada.