Dicas de Nova York: Di Palo’s na Little Italy

23 out Viagem

por

Quando se fala em Little Italy todo mundo pensa logo na Mulberry Street cheia de restaurantes com turistas sentados nas mesas de calçadas, na Ferrara Bakey ou na festa de San Gennaro. Mas Little Italy para mim são simplesmente duas palavras e se chama: Di Palo’s.

Di Palo’s como se diz em São Paulo… “você não está entendendo!”… é uma loja que vende uma variedade imensa de queijos Italianos de diversas regiões assim como especialidades Italianas, na esquina na Grand Street com Mott Street, desde 1925. Não é simplesmente uma loja de queijos, é uma Instituição, uma Entidade que faz parte da cidade como se fosse um marco histórico.

Não tem como morar em Nova York e não ter ido pelo menos uma vez na vida no Di Palo’s, que  é um food business de família que já está indo paraa quinta geração. Esse tesouro da Little Italy traduz a paixão deles em trazer a cada cliente as melhores seleções de frios e especialidades Italianas, como Mozzarela de Bufala, prosciutto, azeite de oliva e pastas artesanais, o que faz desse lugar algo único.

Lou Di Palo, que é o bisneto do fundador (Concetta e Luigi Santomauro) que mantém o legado da família, comanda hoje o estabelecimento com seu irmão Sal e sua irmã Marie. Lou cresceu literalmente dentro da loja do seu bisavô. É adorado pelos clientes e para mim se existisse “Cheese Celebrity” ele seria um.

Até hoje trabalha atrás do balcão, mesmo tendo formação em Marketing e especialização no Setor Imobiliário, servindo os clientes com dedicação e o tempo que for necessário para cada um experimentar e escolher os produtos que procura. Ao entrar na loja se pega um número de chamada, uma senha, e não adianta se estressar, que você vai esperar… mas é uma espera deliciosa.

Os funcionários da loja assim como o Sal e a Marie tratam cada cliente como se ele fosse único.  As filas às vezes são tão longas que é melhor sair para tomar um café e voltar. Não pense que você está na fila do Dean & DeLuca, que antes de você tirar o dinheiro para pagar, o caixa que está lhe atendendo já grita “NEXT” e não dá nem tempo de você abrir a carteira…

A cada viagem que faço lá me sinto em uma aula de degustação de queijos. Os queijos, salames, prosciuttos, azeites, massas e outras especialidades como os cremes de trufa são importados da Itália, alguns semanalmente e outros a cada três meses. No Natal, a loja fica repleta de sobremesas e dos deliciosos Panettones de todos os tipos de sabores, vindos diretamente da Itália.

Uma dos produtos mais requisitados é a Mozzarela italiana, que é a totalmente autentica da Itália e também a Mozzarela preparada diariamente, em uma salinha atras do balcão, que é a Mozzarela “tipo” italiana da Little Italy, Ricota fresca (que é tudo de bom) e a Burrata (fresca), melhor ainda. Vendem inúmeras especiarias, enlatados e comidas Italianas preparadas de acordo com as receitas tradicionais de seus familiares como o Eggplant Parmigiana, Lazanha e Meat balls.

Lou é considerado pela indústria alimentícia e pela mídia (que vive lhe requintando entrevista) como um especialista em comida Italiana. O mês passado ele me contou que uma faculdade Brasileira o procurou para ele dar um palestra a 30 estudantes sobre negócios de família e comidas Italianas.

Ele também é  consultor de supermercados, (trade associations) e até a Itália já o homenageou com vários prêmios  por sua  contribuição em educar os americanos sobre história da comida italiana. Ele viaja o país inteiro para dar conferências sobre os produtos alimentícios Italianos em nome de grandes instituições como o Consortium of Grana Padano ou Speck de Alto Adige.

Em 2008  eles abriram ao lado da loja, uma Enoteca, que parece mais um galeria de vinhos, super aconchegante com uma seleção pequena de vinhos de diferentes regiões da Itália e com preços acessíveis que começam em US$15. Um dos vinhos  especais que você pode encontrar lá é um Barolo 1999 Poderi  Aldo Conterno, um Etna Rosso 2009 Girolamo Russo e  um Prosecco Vitttorio Moretti 2004, Bellavista Franciacorta. Pude ver também um Picolit di Cialla, 1998 que não está à venda por ser uma safra especial.

Em setembro passado ele lançou um livro que se chama Di Palo’s Guide to the Essential Foods of Italy, onde ele descreve uma viagem gourmet pela Itália passando em vinte diferentes regiões da Sicília para Umbria até o Alto Ridge. É um livro sobre histórias de comida e receitas de família. Em suas paginas ele relata ainda as viagens que anualmente  faz a Itália para descobrir e  trazer novos produtos.

Lá é onde ele desvenda  também o segredo do  azeite Balsâmico e suas variedades, o jeito certo de fazer expresso e a importância do certificado “Denominazione d’Origine Protetta“, que autentica o produto como sendo tradicional e regional Italiano.  É um relato de como tudo começou na Latteria de seu Great Grandfather Savino DI Palo, em 1910. O famoso diretor de cinema Martin Scorsese é quem abre o livro compartilhando as memórias e sentimentos que ele sentia quando criança e até hoje sente quando entra no Di Palo’s.

Fotos: Laryssa Tinoco para BossaMe
…………………………………………………………………………………………………….
Você também vai gostar. Veja mais aqui:
……………………………………………………………………………………………………..
……………………………………………………………………………………………………..
……………………………………………………………………………………………………..
……………………………………………………………………………………………………..

Compartilhe esse post

Comentários 1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook

Instagram


Muitas das imagens que aparecem no site podem vir de fontes externas, ao menos que sejam creditadas. Se alguma imagem pertence a você, seja fotógrafo ou detenha os direitos de uso e deseja a remoção do site BOSSAME.COM.BR, favor entrar em CONTATO, que prontamente retiraremos do ar. Obrigada.