Copos

29 nov Gourmet

por

Uma mesa bem posta é sempre linda de se ver, mas sempre surgem algumas dúvidas em relação aos diversos tipos de copos que temos hoje em dia. Tirei uma tarde para ir na loja Roberto Simões com a Ana, para bater um papo e pegar algumas dicas com a Rosângela, querida amiga do BossaMe e responsável pela loja.

Gica, Rosângela e Ana

A variedade de vidros e cristais é quase inesgotável, existem copos, cálices e taças em formas e tamanhos especiais para todos os tipos de bebida. Para simplificar, há quem diga que apenas 3 tipos de cristais usados adequadamente bastam para um jantar tipo americano.

Os copos sem pé são mais práticos para ocasiões informais, por serem fáceis de manusear. Os baixos e de boca larga servem bem bebidas com gelo para manter a temperatura uniforme.

Linha Bar

Bebidas voláteis, como conhaque, devem ser servidas em cálice cuja boca seja menor que o fundo para manter o sabor e o bouquet.

Linha drinks

Quanto maior for o pé de uma taça, mais formal ela é considerada. São próprias para jantares sentados, mais cerimoniosos, já que essas taças ficam mais estáveis quando apoiadas sobre a mesa, não molham a toalha e conservam as bebidas mais frescas.

Linha mesa

Com a preocupação que se tem com o gosto e o aroma do vinho, este não pode ser servido, definitivamente, em copo comum. Um copo branco, de cristal fino, com bordas ainda mais finas (jamais arredondadas) e sobretudo com pé, muda seu sabor para melhor. Pode-se apreciar a cor, os reflexos, a limpidez e o brilho. Sentir seus aromas. E mais: a cada tipo de vinho corresponde um copo.

Para os Bordeaux (poderosos e complexos), devem ter pé alto e corpo oblongo, levemente fechado em cima. Seu percurso do fundo à borda é importante, deve ser longamente contemplado pela luz e o nariz deve se acomodar bem na altura do copo.

Para o Borgonha tinto, os copos devem ser barrigudos e largos (como balões redondos), para que o vinho gire livremente, respirando bem e os aromas múltiplos de frutas, bosque e terra se desprendam.

Para o Champagne e os Espumantes, as taças abertas usadas do século XVII até os anos 70 foram substituídas pelas flutes, taças com cabo alto e bojo comprido e estreito, que preservam o gás carbônico o máximo de tempo possível, garantindo a persistência do perlage.

Linha sommelier

Se quiserem saber mais sobre copos e assuntos relacionados, podem nos enviar perguntas, que reunimos mais algumas informações e podemos tentar esclarecer! E em breve vamos falar sobre talheres, aguardem!

Fotos: BossaMe

Compartilhe esse post

Comentários 5 comentários

  1. Esse post foi de muita utilidade, principalmente para os amantes de vinho como eu! Adorei!!! Parabens meninas! Bjss

  2. Por favor, gostaria de saber se num jantar sentado colocamos copos normais de jogo de copos para diversos tipos de vinho (branco ou tinto), ou se devemos colocar dependendo da regiao o copo alto adequado( Bordeaux , Bourgogne) , ou esses copos sao so para degustacao?
    Obrigada.

    • Ola Cristina,
      Para jantar sentado eu coloco o jogo de copos de mesa (agua, vinho tinto, vinho branco e champagne) para qualquer que seja a regiao do vinho. Deixo a linha sommelier para um momento somente de degustacao.
      Beijinhos,
      Gica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook

Instagram


Muitas das imagens que aparecem no site podem vir de fontes externas, ao menos que sejam creditadas. Se alguma imagem pertence a você, seja fotógrafo ou detenha os direitos de uso e deseja a remoção do site BOSSAME.COM.BR, favor entrar em CONTATO, que prontamente retiraremos do ar. Obrigada.